terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

A recuperação do Acervo roubado


É de louvar a atuação das autoridades brasileiras, especialmente as da cidade de Santos que, agindo prontamente, conseguiram recuperar todo o Acervo roubado da Casa Edith Pires Gonçalves Dias/Museu Martins Fontes.

O que, mesmo assim, não me faz mudar de ideias, em relação à doação de todo o meu Acervo, referente ao Poeta-Maior, para a Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, pois, a falha técnica que a Casa Edith Pires Gonçalves Dias/Museu Martins Fontes mostrou é muito grave e não pode ser reparada apenas com a boa vontade da Prefeitura Municipal de Santos, que “pretende tomar as rédeas daquela Casa-Museu, fazendo dali um organismo público”. 

A Cultura deve ser levada mais a sério. E, todo o património cultural deve ser avaliado e protegido, para bem das gerações futuras.

Um bem-haja a todos que estiveram envolvidos na recuperação daquele património cultural!